Sessão Especial: Debate sobre o combate à violência contra crianças e adolescentes. VEJA!

A Câmara Municipal de Cajazeiras-PB, realizou nessa terça-feira (08), Sessão Especial para debater sobre o combate a violência contra crianças e adolescentes, atendendo apropositura de autoria do vereador Rivelino Martins (PSB).A mesa foi formada pelos ilustres: Representando o Prefeito de Cajazeiras-PB, O Excelentíssimo José Aldemir Meireles, o Secretário de Saúde, Cristovão Pinheiro; Presidente da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente – FUNDAC, Noaldo Meireles; Tenente Coronel do 6º BPM de Cajazeiras-PB,Coronel Guedes;Membro da Comissão de Apoio aos Familiares  dos Adolescentes vítimas da Chacina, Andreia Coutinho e Representando o Clube dos desbravadores, Kelcio Costa.

A mesa do Plenário contou com importantes representantes de defesa dos direitos da criança e adolescente: Francisco Roberto, pai do adolescente  Cícero Roberto (vítima da chacina); Representando a UFCG, Professora Sofia Dionizio; Representando o Levante Popular da Juventude, Maglandyo da Silva; Representando a Secretaria de Desenvolvimento Humano, Sonia Braga Representando a Escola Passo Firme, Rivaldo Café; Paula Francinete, Coordenadora do Setor de Serviço Social do HRC; Vice-Presidente da Associação do Bairro Casas Populares, Francisco Xavier (Netinho); Presidente da Associação do Bairro Vila Nova, Suplente de vereador Adriano da Vila Nova;Padre Agripino e Victor de Saulo, Representando a OAB,

A sessão contou com a presença dos vereadores: Francisco Jucinério Félix Filho – (PPS), Francisco Neto  Damascena- Neto da Vila Nova (PPL), Eudomar Pereira da Costa Filho (PTC), José Gonçalves de Albuquerque - Delzinho (PTC),  João Lins – João da Coca (PTC), Antônio Moacir Leite de Menezes Filho (DEM), Rivelino Martins de Oliveira (PSB), Josefa Léa da Silva Santos (DEM)  Lindberg Lira de Souza (PTB), Eriberto de Souza Maciel (PP), Roselânio Lopes (PTB) e Alysson de Souza Lira- Neguim do Mondrian (PSD), Alysson Américo – Alysson Voz e Violão (PSB).

O vereador Rivelino Martins (PSB), agradeceu a todos os presentes, deu ênfase a dados que preocupa a todos, destacando. “A cada 10 minutos uma criança morre, número alarmante , dado do Estado de Segurança da Paraíba na nossa Região e  13 homicídios que vitimaram adolescentes. Somos defensores de um Conselho Tutelar com Condições de Trabalho.” Enfatizou ainda a ausência de entidades defensoras dos direitos da criança e adolescente.

O Presidente da FUNDAC, Noaldo Melo, na tribuna da Câmara de Cajazeiras,  lamentou a ausência de importantes entidades na sessão, entre elas o Ministério Público, a Secretaria Municipal de Educação e o Poder Judiciário. Segundo ele, até o ano de 2016, Cajazeiras não estava na lista dos 20 municípios paraibanos que mais internam adolescentes na FUNDAC. Hoje, essa realidade mudou e o município já figura entre os dez primeiros. Destacou o Presidente da FUNDAC “ É necessário analisar o que houve, se é um indicativo da política desastrosa de contenção de gastos a nível nacional, de corte nos programas sociais, ou se é algo da própria política da gestão municipal aqui em Cajazeiras”

Membro da Comissão de Apoio aos Familiares do Jovens Vítimas da Chacina, ANDREIA COUTINHO, destacou que os assassinatos de três adolescentes cajazeirenses há 14 anos permanecem sem solução por parte da Justiça. O crime ocorreu no dia 09 de maio de 2004. Os assassinatos de Demétrius Cavalcante Silva, 17 anos, Cícero Roberto da Silva Sousa, 16 anos, e José Filho Alves Ribeiro, 14 anos, permanecem sem solução por parte da Justiça. O crime que ficou conhecido como “chacina dos adolescentes” ocorreu no dia 09 de maio de 2004. Os corpos foram encontrados em um matagal a cerca de 10 km do município de Ipaumirim, no Ceará. Os três adolescentes, que moravam em Cajazeiras, foram executados com tiros na cabeça. Até hoje não se sabe por quem nem por quê. 14 anos depois, a Justiça ainda não deu uma resposta à família das vítimas e à sociedade cajazeirense. Destacou que o apoio aos familiares continuam assim como a movimentação do processo e aguardam respostas da justiça.

O Presidente da Comissão de Direitos Humanos local, Dr. Victor de Saulo, destacou a necessidade do poder público realizar seu papel na formação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – COMDICA, que ainda não se encontra estruturado, bem como da importância de maior investimento na educação e na cultura, para afastar a juventude do ciclo de violência e exploração. "É um trabalho árduo, mas necessário, e a OAB, enquanto entidade que combativa em favor dos direitos da criança e do adolescente, tem papel crucial e atuante, seja através de seus projetos próprios, como o ‘Projeto OAB na Escola’, seja em

conjunto com os demais setores da sociedade e do poder público."  disse o advogado Victor de Saulo.

Ascom Câmara Cajazeiras-PB.

 

 

  • Contato

    O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Endereço

Câmara Municipal de Cajazeiras - PB
CNPJ: 08.841.553/0001-89
ED. Francisco Matias Rolim
Casa Otacilio Jurema
Praça Ana De Albuquerque , s/n.
CEP 58900-000
Cajazeiras - PB